Após discurso polêmico, Bolsonaro trabalha por meia hora

Agenda oficial é na subchefia de assuntos jurídicos. Em discurso ontem na avenida paulista, Jair ameaçou descumprir decisões de Alexandre de Moraes, a quem chamou de ‘Canalha’

Imagem: Captura de Tela

No dia seguinte às manifestações em que participou, atacando ministros da Suprema Côrte e ameaçando descumprir decisões judiciais, o presidente da República Jair Bolsonaro incluiu apenas um compromisso em sua agenda oficial: uma reunião com Pedro Cesar Sousa, Subchefe para Assuntos Jurídicos.

É jurídico também o problema em que Bolsonaro se meteu: Ministros do STF acompanharam em tempo real os ataques do presidente e prepararam discurso para a sessão de hoje, que será lido por Luiz Fux, preisdente da côrte. Fux subirá o tom, costumeiramente ameno. Outros partidos de todo o espectro também avançam na oposição ao presidente.

Após incentivo de seu líder, os Bolsonaristas trabalham um pouco mais que Bolsonaro: tentaram invadir o Ministério da Saúde, hostilizando jornalistas, que tiveram que se abrigar nas dependências do prédio. Seguem, ainda hoje, manifestações de ataque às instituições.

Foto: Twitter (Reprodução)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s