Weintraub usa exemplo do Wikipédia para forjar dado

Ideia era alegar perseguição contra conservadores. Ex-Ministro da Educação foi desmentido rapidamente por internautas.

Imagem: Twitter (Reprodução)

Abraham Weintraub, Ex-Ministro da Educação, protagonizou um caso de fakenews logo após Bolsonaro editar Medida Provisória que proíbe as redes sociais de removerem desinformação e discurso de ódio de usuários. Weintraub apresentou um gráfico sem legenda, alegando ser referente à evolução no número de conservadores que sofreram perseguição judicial.

Imagem: DanielPenfield

O economista foi logo pego na mentira pelos internautas. A imagem nada mais é do que um exemplo aleatório existente no verbete “gráfico” da Wikipedia.

Imagem: Reprodução

O dia de hoje, com todo o cenário de crise institucional, guarda relação com Weintraub: é que o então ministro opinou, em famoso vídeo de reunião ministerial, que “por mim botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF”. A fala tinha o contexto de uma reclamação diante do presidente da república sobre a falta de radicalismo que enxergava no governo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s