Galeria retrata a juventude ‘que nasceu com a internet’

Centennials, de Márcia Charnizon, estará disponível no site da galeria à partir do dia 08 de agosto, com conteúdo multimídia para fazer refletir sobre a juventude e a construção da diversidade.

Foto: Divulgação

Crianças e adolescentes que desconhecem o modo avião, que nasceram fotografando e fotografadas, chamando e sendo chamadas nos chats, postando e assistindo stories, a todo tempo esperando uma nova notificação. Quais os efeitos de tudo isso na nossa realidade? Para ajudar a responder essa pergunta, contamos com a  belorizontina Márcia Charnizon, graduada em comunicação social pela PUC-MG e fotógrafa há quase 40 anos.

Charnizon organizou uma exposição multimídia onde jovens de 16 a 19 anos são trazidos à nós em toda a diversidade que esse grupo pode proporcionar. Galeria Centennials está disponivel à partir do dia 08 de agosto, e expressa todo o interesse da artista pela afetividade e suas consequências práticas. Ela relata que foto e escuta da história dos jovens combinam-se para criar a narrativa intimista. Os bastidores dessa aventura serão publicados na mesma data no canal do YouTube da mineira

Foto: Divulgação

“escutei e fotografei adolescentes de realidades diversas, (mulheres cis/ transgênero e pessoas não binárias) que desde muito cedo tem a vivência marcada por estarem na contramão de padrões ditados pela nossa sociedade, seja através do corpo, de questões da sexualidade, gênero, raça, relações familiares ou tudo isso junto”. 

Márcia Charnizon

Foram os filhos da criadora que inspiraram a obra, dentro de todo o mar de incertezas que surge para uma mãe que descobre, a cada dia, novas formas de ser de uma criança e de um adolescente. A proposta é transitar entre psicológico e social, buscando ampliar a voz da juventude e fazer pensar sobre a diversidade, bem como aproveitar a capacidade que os jovens tem de também ensinar.

Foto: Divulgação

Galeria Centennials tem o apoio do Ministério do Turismo e do Governo de Minas Gerais, por meio de edital da Lei Aldir Blanc, e está disponível também em libras e descrições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s