Planta e Raiz lança boas vibrações nos tempos do isolamento

Arte: Jonas Natureza

Em parceria com Marina Peralta, o grupo Planta e Raiz, gigante do reggae nacional, lançou na última semana o single ‘Só agradece’, que já alcançou impressionantes 12 milhões de visualizações. A faixa fará parte de um EP, cujas próximas 4 faixas serão lançadas mês a mês até o fim do ano. O sucesso talvez se explique pela forte relação com o contexto de pandemia, falando de sentimentos de gratidão e união. Planta e Raiz promete uma variedade de maneiras de ‘reggaear’, principalmente letras românticas.

Em coletiva, o vocalista Zeider Pires falou um pouco sobre os processos de criação durante a pandemia. Pra ele, trata-se de abstrair, colocando a mente na natureza – ela ensina que tudo passa, afirma – para fugir da mentalidade do isolamento, que chega a lhe causar ansiedade e insônia, como a tantos outros durante esses tempos de ficar em casa. O artista admite que a mudança na forma de viver afetou seu emocional, a maneira de administrar a própria psique – vale a pena conferir essas mudanças na poética do grupo futuramente.

A gravação vem dos estúdios de nada menos do que Rick Bonnadio. Até mesmo Zeider se impressionou com o que tinha à disposição: “é uma espaçonave”. Foi revelada também a intenção de gravar um DVD na cidade de Gramado-RS, um paraíso, diz.

“Damos graças e louvores”

Só Agradece- Marina Peralda & Planta e Raiz

Marina Peralta, “bem focada, uma mina bem presente”, agradou imensamente a banda com esse presente. Zeider teve oportunidade de escrever uma parte de ‘só agradece’, que classifica como um ‘reggaezinho bem arrastado’. O contratempo, de fato, mostra a força que o reggae traz, contrastando com os ‘voos’ vocais de Peralta.

Novas formas de consumo

Foto: Divulgação

O vocalista acredita bastante no poder do streaming, por dar total transparência nos números de plays e royalties recebidos, mas critíca a baixa remuneração das plataformas. Com 21 anos de estrada, a banda já presenciou a perda de muito dinheiro com a pirataria, por isso acredita num futuro melhor com a distribuição via internet.

“O reggae é isso: amor ao próximo”

Zeider Pires aposta na positividade como valor que a música, especialmente o reggae, tem a colocar na sociedade. Em um mundo de discurso e práticas de ódio, a ideia do músico é que as mensagens transportadas pelas obras transformem a conjuntura, ou ao menos ajude a fazê-lo. Refletindo principalmente sobre o mundo das fakenews, projeto de elite para engano da população, afirma que uma música para a atualidade deveria conter um ‘Acorda Brasil!’ bem claro.

Parceiros

Marcelo Falcão, Seu Jorge, Gilberto Gil, Benjor… são muitos os planos do conjunto, na esteira de somar novas vozes para produzir texturas sonoras diversas. E o vocalista ainda amplia suas inspirações pessoais: Samuel Rosa, Elis Regina – admirada pela ‘garra’ -, Bob marley – como não poderia deixar de ser – e Chorão, chamado de ‘cantor rueiro’.

Em Agosto tem mais lançamento de Planta e Raiz. Por enquanto, aprecie “Só Agradece”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s