Essa vai pros universitários

Foto: Reprodução.

Mais uma para os cases de estudo sobre o comportamento das grandes corporações de mídia. O gatekeeper, como é chamado o processo de entrada de um fato na redação até se tornar notícia, certamente foi manipulado. Não há alma viva dentro das duas empresas – isso é facil de deduzir – que não tenha visto ou percebido a relevância das manifestações contra Jair Bolsonaro.

Tal qual o escândalo do duelo Lula X Collor, em que o último foi ajudado pela Globo, a mesma que transformou os gritos por eleições diretas em mera conemoração pelo aniversário de São Paulo, agora temos mais um desafio pela frente em nossas bancadas universitárias: estudar o fatídico dia em que manifestações que lotaram dezenas de estados da federação simplesmente sumiram dos maiores jornais do país.

Não é a primeira vez que os donos dos grandes veículos se cansam da independência de seus jornalistas e resolvem intervir com mão de aço na pauta. Não é a primeira, nem será a última.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s